Diagno Vet Logo Diagno Vet

Buscar

Seg a Sexta das 08 as 18h00. Sábado até 12h00.

67 3356-3991

67 98434-0804

Manoel Inácio de Souza, 1053 - Santa Fé
CEP 79021-190 | Campo Grande MS contato@diagno.vet.br -

Produção Científica

Mastocitomas Caninos
Introdução
Os mastocitomas representam cerca de 20% dos tumores cutâneos dos cães, constando entre os mais frequentes. Eles se devem a uma proliferação excessiva dos mastócitos e são responsáveis por recidivas e óbitos (PATNAIK et al., 1984; DIAS et al., (2005).

O estadiamento clínico e o grau histológico são importantes para determinar o comportamento biológico deste tipo de tumor e estabelecimento de tratamento e prognóstico adequados. Histologicamente, os mastocitomas são classificados em três graus, baseando-se na intensidade de diferenciação dos mastócitos a partir de características como presença e proeminência dos grânulos metacromáticos, pleomorfismo e índice mitótico celular (PATNAIK et al., 1984; DIAS et al., 2005).

O objetivo deste trabalho é fazer um estudo retrospectivo dos mastocitomas caninos diagnosticados no Serviço de Histopatologia do Laboratório Veterinário Diagno Vet, Campo Grande/MS, entre os anos de 2005 e 2010, observando informações como idade, sexo e raça dos animais acometidos.

Faça o download do resumo em pdf clicando no botão abaixo.
DOWNLOAD

Veja Também